06 março 2017

Mau começo (Desventuras em série), Lemony Snicket



Mau começo (capa da edição brasileira)
Mau começo é o primeiro volume da série de livros protagonizada pelos irmãos Baudelaire, que já foi adaptada para o cinema em 2004, com o Jim Carrey no papel de Conde Olaf e, esse ano ganhou uma série na Netflix. A história gira em torno das crianças Baudelaire que, após terem a casa incendiada e perdido os pais, vão morar com o seu tutor, o Conde Olaf.

O narrador desde o início nos alerta, e reitera isso durante toda a narrativa, que essa não é uma história feliz, nem em seu começo e nem em seu fim. Daí o motivo de este primeiro volume ser intitulado Mau começo. Há sempre uma desgraça na vida de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire.

Talvez seja esse alerta constante que crie a sensação de que as coisas que acontecem na vida dos pequenos Baudelaire, após a morte dos pais deles, sejam coisas realmente horríveis. Contudo, o que percebo é que, tirando essa carga dramática, muitas coisas que eles são obrigados a fazer para o Conde Olaf, não são de todo horríveis.

O que nos leva a considerar que a desgraça está em ter que realizá-las sob as condições em que eles se encontram, que é um ambiente autoritário e violento. Além do fato de que elas não estavam acostumados a ter que realizar as tarefas, por sempre terem tido quem as realizasse, podendo assim se dedicar única e exclusivamente aos seus hobbys e interesses, de maneira até um tanto egoísta e mimada. Tanto que momento ou outro eles reclamam de não poderem voltar a sua condição anterior e passar o dia inteiro fazendo só as coisas que lhes dão prazer.

Cartaz da série na Netflix                                    Cartaz do filme de 2004.
O que me surpreende sobre esse aspecto de maldade com as crianças é que ela só se revela bem tarde na ação da história, que é quando o Conde age de modo violento. Antes o que temos é o descaso dele para as condições em que elas se encontram e a reclamação que eles fazem pelo fato de ter lista de tarefas para realizarem todos os dias, o que os leva a querer conversar sobre isso com o Sr. Poe, que foi a pessoa designada para cuidar de todos os aspectos legais e financeiros dos jovens.

A despeito dessas minhas considerações acerca a construção das personagens e de do desenvolvimento do enredo, Mau começo é uma leitura agradável, que de uma forma muito interessante insere no texto a explicação de vocábulos que possam trazer alguma dificuldade para as crianças que o lerem, tornando também assim a escrita mais leve e descompromissada.

Lembrando que você pode adquirir qualquer um desses livros ou outros por meio desse link da amazon: http://amzn.to/2kJJW4r e colaborar com uma pequena comissão para o blog.


Gostou da dica de leitura? Já leu o livro? Comenta aí embaixo e vamos conversar! 
 Não deixe de curtir a nossa página no FB e de se inscrever no nosso canal no youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ronrone à vontade.