07 dezembro 2016

A Menina do Mar, Sophia de Mello Breyner Andresen

A Menina do Mar (capa)
A Menina do Mar é uma das histórias infantis criadas pela poeta contemporânea portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen e narra, ao longo de suas 48 páginas o encontro de um rapazito e a Menina do Mar e, por conseguinte, o relacionamento que eles estabelecem a partir disso.

A narrativa, que embora a um olhar menos perspicaz e arguto, pode parecer simples e bobinha, mas carrega em si não apenas elementos de uma tradição literária portuguesa em relação ao mar e os sentimentos que eles evocam, principalmente o da saudade profunda como o reino marinho.

Em certa medida, o desfecho nos remete a outra obra infantil, O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, em que a partida, que nesse caso não é o voo, mas o mergulho, pode ser interpretado como uma metáfora da morte, nesse caso até mesmo do suicídio, originado pela saudade do amigo que partiu para um lugar distante e desconhecido, o além-mar.

E, embora isso nos pareça por de mais sombrio para um livro infantil, Sophia constrói tudo com uma delicadeza que não nos faz ficar tristes. É até mesmo interessante que tudo termina de uma forma alegre e divertida, o baile do rei do oceano e a dança, finalmente feliz, da Menina do Mar, que andava melancólica com a ausência de seu amigo da terra.

Uma história simples e de uma beleza profunda, é isso o que Sophia nos apresenta e que é representado pelos belos traços de Veridiana Scarpelli, na edição brasileira da Cosac Naify.

Você pode adquirir o livro no site da Amazon nesse link: http://amzn.to/2giNHOJ

Gostou da dica de leitura? Já leu o livro? Comenta aí embaixo e vamos conversar! 
 Não deixe de curtir a nossa página no FB e de se inscrever no nosso canal no youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ronrone à vontade.