21 novembro 2016

OCUPA, de Dimitri BR

Capa de OCUPA (7 Letras, 2016)
Conhecido nas redes sociais na internet como Dimitri BR ele é Dimitri Rebello. O ser contemporâneo é o que coloca em circulação em seu primeiro livro chamado OCUPA (7 Letras).

OCUPA é uma obra que percorreu alguns estados brasileiros e, por estas bandas, foi lançado durante a Feira Literária do Pará (FliPA 2016), em outubro. Dimitri se diz “carioca de sangue 100% paraense”, faz música, escreve e realiza performances.

Dimitri BR Foto: Divulgação
Em conversa, durante a Feira na qual pude adquirir o livro, Dimitri falou sobre a importância das manifestações de junho de 2013 e também vem participando de atividades em uma escola ocupada na cidade do Rio de Janeiro.

OCUPA reflete um ativismo musical e poético que emana do artista. OCUPA é sobre amor, questionamentos sobre gênero, igualdade, liberdade, vida. A obra atinge lá onde se deve atingir, no coração.

MEU PAI ERA DRAG
(poesia de OCUPA)

meu pai era drag queen
não por gosto, mas forçado
pelo Banco do Brasil
a ir todo dia montado
e só trabalhar assim

mas uma vez por ano
ele podia afinal
trocar o terno-e-gravata
por plumas & paetês
e sambar ao natural

desmontava no Salgueiro
a drag do ano inteiro
liberdade carnaval

Quando a lógica dos padrões é quebrada, através de uma realidade mostrada pura e comum como é, o poder reflexivo de uma poética crítica te atinge. OCUPA é para atingir. Atingir a clausura de pensamentos imóveis, é resgate da essência do ser.

Ela contém ainda 3 joguetes, o segundo deles mostra que o arranjo proposto com os nomes João e Maria representam as possibilidades da vida real. Maria amava João, assim como Maria amava Maria ou mesmo João amava João... Obra rápida, foi feita para ser assim, e marcante. Lê-la é uma experiência que vale muito a pena.





Gostou da dica de leitura? Já leu o livro? Comenta aí embaixo e vamos conversar! 
 Não deixe de curtir a nossa página no FB e de se inscrever no nosso canal no youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ronrone à vontade.