26 outubro 2016

Cinco histórias de arrepiar

Fala pessoal! Tudo Bom?

Aproveitando que outubro é o mês do dia das Bruxas, nós e o Tabloide de Sangue vamos listar 05 histórias de Terror e Horror, cada um, que consideramos importantes a leitura. Mas antes...

O Horror e o Terror, como eu o vejo, não é apenas uma questão de dar medo ou de ter monstros horríveis e sanguinários que vivem nos recônditos mais escuros. Quer dizer, eles na verdade são, mas não de uma maneira literal. Esses monstros são espécies de metáforas para os medos gerados pelo que há de mais perverso no ser humano, e podem se materializar das mais diversas formas, dependendo da época e do autor que se permite mergulhar fundo dentro desse abismo chamado homem.

É por isso que, algumas das histórias consideradas de horror e terror, ainda mais algumas sendo clássicas, não nos parece hoje ser tão horríveis. É tudo uma questão do contexto em que a obra foi concebida. Isso já explica alguns dos textos escolhidos, que talvez não nos pareçam assim tão horripilantes.

Mas vamos às nossas escolhas, não é mesmo?

1. Carmilla, de Sheridan Le Fanu: Sim, começamos com os vampiros, esses seres que atiçam a nossa curiosidade e mexem e muito com os nossos desejos eróticos mais profundos. Muito antes de Crepúsculo, Crônicas Vampirescas, Blade e Drácula; Carmilla foi a primeira vampira gótica. A história narrada por Laura, uma jovem estiriana, que conta os dias passados na companhia da misteriosa Carmilla e os eventos estranhos que ocorreram na região após a sua chegada.

2. A Dama Pálida, Alexandre Dumas (pai): O autor de Os três mosqueteiros também se enveredou por histórias de vampiro. Aqui, há uma disputa entre dois irmãos pelo amor de Edvige, após ela ser resgatada por um deles de um assalto de bandoleiros, durante a ida dela para um mosteiro depois da morte de seu pai. Enquanto um dos irmãos é acometido pela doença do vampirismo, o outro é um devoto católico.

Esses dois primeiro livros servem para gente conhecer um o pouco mais sobre a tradição vampiresca na literatura, sendo que o primeiro evidencia um momento pré-Drácula, em que a figura vampiresca passará a se concentrar nos homens.

3. O médico e o Monstro, Robert Louis Steveson: Embora haja a figura grotesca do Mr. Hyde, a história está mais para um terror em que evidencia a maldade do ser humano, aquela que está escondida no seu íntimo, por mais que ele se esforce para ser um homem totalmente bom. É nessa busca pela virtude que Dr. Jekyill criará um soro que faz com que sua parte ruim se aparta dele. No entanto, nem tudo sai como o planejado.

Assim como O Médico e o Monstro, O monstro de Frankenstein, de Mary Shelley, também buscará o horror por meio dos questionamentos de conduta moral da sociedade. O horror em Steveson está em não ser um sujeito totalmente civilizado e bom, enquanto em Shelley, será a contestação da postura ética dos avanços científicos.

4. Escuridão total sem estrelas,de Stephen King: Considerado o mestre do terror e com uma profícua produção que comprova o seu talento em criar histórias que metem medo, Stephen King em um de seus últimos livros de contos, traz um dos textos mais surpreendentes pra mim e que o fez se tornar um autor que eu gosto. O conto em questão é 1922, em que o psicológico é a marca do horror. Nesse conto percebemos uma outra face do horror, que está fora da esfera sobrenatural ou científica, como vimos nas escolhas anteriores, aqui a insanidade é mais humana do que nunca.

E pra finalizar a nossa listinha...

5. O vilarejo, de RaphaelMontes: Um conjunto de contos baseados nos pecados capitais e que se desenrolam em um vilarejo esquecido no mundo, em meio ao inverno. São contos, que embora possam ser lidos separadamente, compõe um todo, uno. De longe a melhor leitura que já fiz de Raphael Montes.

Ei! Ei! Onde você pensa que vai? A lista de cinco acabou aqui no Folhetim, mas o Tabloide de Sangue tem mais cinco sugestões de leituras de Terror/ Horror pra vocês, só clicar aqui!




Gostou das dicas de leitura? Já leu os livros? Comenta aí embaixo e vamos conversar! 
 Não deixe de curtir a nossa página no FB e de se inscrever no nosso canal no youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ronrone à vontade.