22 agosto 2016

Carry On: A ascensão e queda de Simon Snow, Rainbow Rowell

Carry On, Rainbow Rowell (capa)
Carry On é originário das fanfics que a personagem Cath escreveu sobre Simon, personagem dos livros ‘presentes’ no mundo de Fangirl, escritos por Gemma T. Leslie. Porém, ao contrário do que se possa imaginar, Rainbow Rowell escolheu por não seguir o que já havia pronto, no que se refere às fanfics, nesse novo trabalho. De acordo com a Nota da Autora, ela escolheu seguir um caminho um pouco diferente do que Cath já fazia. Ela queria que essa nova história, fosse dela e não da personagem de Fangirl.

Bom, isso foi o que ela disse sobre Carry On, se é isso mesmo, EU NÃO SEI. Não li Fangirl.

O que eu sei é que Simon está de volta para o seu último ano na Escola de Magia de Watford e não vê a hora de poder resolver com ajuda do Mago os problemas políticos com as Famílias Antigas e acabar com o Insipidum Insidioso, o vilão devorador de magia.

Em paralelo a isso, ele tem que lidar com os acontecimentos do final do ano anterior e que estão relacionados ao seu namoro com Agatha e sua disputa com seu colega de quarto-inimigo Baz, que, aliás, passa boa parte do ano letivo desaparecido. E isso meio que enlouquece Simon.

Também acompanhamos alguns outros assuntos do passado, que vão culminar em parte do desfecho do livro, fazendo-nos entender as origens de Simon, o passado de Baz e tudo o que está relacionado com o aparecimento do Insipidum Insidioso.

E o livro é delicioso de ser lido. Foi a minha primeira experiência com a Rainbow e adorei, até com vontade de ler o Fangirl, fiquei. A leitura flui que é uma beleza, cheia de humor, drama e sarcasmos. Baz é o melhor e lembra muito um amigo meu. E o romance dele com Snow é uma coisa muito fofa!

Gostei bastante do lance de os feitiços não serem nada de palavras mágicas, como geralmente acontece em livros em que magia é envolvida. O que temos são frases de efeito, e as explicações que ela dá para isso e para a eficiência da magia é bem legal. Assim como o questionamento do “O que você faria para fazer com que o mundo enxergasse que suas ideias são importantes?” que vai surgindo no decorrer da narrativa.

A narrativa é apaixonante, senti como se as personagens realmente existissem, nos momentos em que eu também não estava lendo. O que me fazia logo a voltar ler e, consequentemente, terminar a leitura bem rápida.

A edição de 448 páginas é legal, veio com o mapa no verso da primeira e quarta capa, fora que tem algumas ilustrações, mas nada que seja nossa que edição incrível, o que fez, para mim, tornar o preço um pouco irreal com o material que eu tenho em mãos.

Comprando qualquer produto por meio desse link da amazon http://amzn.to/2aX1iIG você também colabora com uma comissão. Se você salvá-lo no seus favoritos e comprar sempre por ele, ficaremos muito felizes!

Gostou da dica de leitura? Já leu o livro? Comenta aí embaixo e vamos conversar!

Não deixe de curtir a nossa página no FB e de se inscrever no nosso canal no youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ronrone à vontade.