09 junho 2013

Leitura

fonte da imagem
"Eu sei ler." (p. 181)

"Não, não sabe. Você pode olhar a página, mexer a boca e inventar histórias na sua cabeça, mas isso não é ler. Para ler de verdade você tem que se submeter ao que está escrito na página. tem de deixar de lado as suas fantasias. tem de parar de bobagem. Tem de parar de ser bebezinho."

Nunca antes falou tão diretamente com o menino, com tanta dureza.

"Não quero ler do seu jeito", diz o menino. "Quero ler do meu jeito. Era uma vez um gato xadrez e não é não é não é sua vez quando montava ele era um cavalo quando andava era um vacalo."

"Isso é bobagem. Não existe vacalo. Dom Quixote não é bobagem. Você não pode inventar qualquer bobagem e fingir que está sobre ele."

"Posso sim! Não é bobagem e eu sei ler! O livro não é seu, é meu!" E franzindo a testa voltou a folhear furiosamente o livro. (p. 182)

COETZEE, J. M. A infância de Jesus. tradução de José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ronrone à vontade.