14 junho 2012

Do amor e outros demônios - 02

Cayetano Delaura
Fonte:
DeviantART
- Como estamos longe! - suspirou.
- De quê?
- De nós mesmos - disse o Bispo. - Achas justo que alguém precise de um ano para saber que é orfão? - E, à falta de resposta, desabafou a sua saudade: - Fico aterrorizado só à ideia de saber que na Espanha já tenham dormido esta noite.
- Não podemos interferir na rotação da Terra - disse Delaura.
- Mas poderíamos ignorá-la, para que não nos doa - disse o Bispo. - Mais que fé, o que faltava a Galileu era coração.


GARCIA MÁRQUEZ, G. Do amor e outros demônios. Tradução Moacir Werneck de Castro. 20ª ed. - Rio de janeiro: Record, 2011. p.142

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ronrone à vontade.