01 março 2010

C.

"Estava num impulso de sinceridade e confissão que muitas vezes eu tenho em relação a você", ela disse a Lúcio. "Mas não sei, talvez porque você nunca tenha sentido em relação a mim esse mesmo impulso, eu fico de repente apenas com as palavras que eu queria dizer mas sem gostar delas."

[LISPECTOR, C. In: MOSER, B. Clarice, uma biografia. Tradução de José Geraldo Couto. São Paulo: Cosaic Naif, 2009. p. 205.]

Um comentário:

Ronrone à vontade.